novafrica@novasbe.pt

Promovendo Aspirações Educacionais – Uma Avaliação Experimental

Informações do Projeto

Principais Investigadores

Catia Batista (Nova SBE)
Pedro Freitas (Nova SBE)
Ana Balcão Reis (Nova SBE)
Wayne Sandholtz (Nova SBE)
José Tavares (Nova SBE)

Coordenador de Projeto

Vitor Cavalcante

Financiamento

Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Acerca do Projeto

O número de estudantes oriundos de contextos socioeconómicos desfavorecidos que completam o ensino superior em Portugal é muito insuficiente. Uma possível razão para os baixos níveis de ensino superior em Portugal é a falta de aspirações educacionais dos alunos de contextos socioeconómicos mais desfavorecidos, pois estes alunos têm contato limitado com licenciados no seu quotidiano.

Este projeto propõe-se testar de forma experimental a hipótese de que uma intervenção tão simples como uma visita de um dia a um campus universitário pode aumentar as aspirações educacionais e a performance académica dos alunos mais desfavorecidos. Este tipo de visitas é comum a nível internacional, mas não foi ainda objeto de investigação no contexto do processo de decisão educacional. Se os resultados deste projeto demonstrarem que este tipo de visitas aumenta as aspirações educacionais e performance académica, teremos obtido evidência de que uma intervenção de baixo-custo e fácil de replicar em larga escala pode contribuir para reduzir o problema da desigualdade educacional em Portugal e potencialmente noutros países que sofram de problemas similares – nomeadamente países com minorias imigrantes, étnicas e linguísticas significativas em contextos que prejudiquem as aspirações educacionais.

A contribuir para os ODS: