novafrica@novasbe.pt

Saliência e acessibilidade da informação de risco de desastres em Moçambique

Informações do Projeto

Principal Investigador

Stefan Leeffers (Nova SBE)

Parceria

Municipality of Quelimane

Financiamento

International Growth Center (IGC)

Acerca do Projeto

A costa moçambicana é vulnerável a desastres naturais e mudanças climáticas. Localizada perto da foz do Rio Dos Bons Sinais, a cidade de Quelimane é altamente vulnerável à elevação do nível do mar, ciclones, enchentes, tempestades e erosão costeira. A população de Quelimane está a crescer rapidamente devido ao fluxo contínuo de migrantes rurais. Este fenómeno aumentou o número de habitações informais em áreas da cidade mais propensas a enchentes, áreas essas particularmente vulneráveis devido às suas precárias condições socioeconômicas.

A disseminação de informações pode ser uma ferramenta poderosa para orientar, educar e capacitar as comunidades urbanas na preparação para choques inevitáveis que afetam seus meios de subsistência. Os sistemas de alerta precoce alertam os cidadãos para a chegada de tempestades e fornecem instruções. No entanto, no caso dos Ciclones Idai e Kenneth em 2019, mesmo com previsões e advertências precisas, muitos não esperavam uma tempestade de tamanha magnitude. No sentido de melhoria, os sistemas de alerta precoce em Moçambique podem ser fortalecidos fornecendo alertas contextualizados e acionáveis. Além disso, é fundamental estar ciente de como o acesso e o uso da informação são afetados pelo gênero e outras características (por exemplo, idade e nível educacional) que podem impedir que este seja um sistema inclusivo.

O objetivo deste projeto é compreender o papel da informação para a resiliência de famílias urbanas a choques de desastres no contexto de Quelimane. Dados quantitativos e qualitativos serão recolhidos por forma a atingir uma compreensão significativa das atitudes de risco atuais, exposição e tomada de ação de famílias que vivem em condições socioeconômicas pobres. Esses dados também serão usados para identificar lacunas de informações relacionadas à gestão de risco de desastres e cobrir o papel do enquadramento específico do contexto

A contribuir para os ODS: